Medicina Tradicional Chinesa: Acupuntura com e sem agulhas 2017-07-06T20:17:19+00:00

Medicina Tradicional Chinesa: Acupuntura com e sem agulhas

Nascentia   •   julho, 2017

Mais do que um método alternativo de tratamento, as Terapias Naturais ou Terapias Integrativas é um importante reencontro do ser humano com as leis  da natureza e com a harmonia da ordem do Universo.  É uma via enriquecedora e útil para a evolução humana, um caminho repleto de informações milenares, técnicas e métodos terapêuticos consagrados. Mas, por outro lado, é também uma Medicina Atualizada, amparada pelos modernos conhecimentos científicos.

Busca-se, nas Terapias Intregrativas, não agredir ou tentar dominar, mas se aproximar da natureza e aprender as verdades e valores mais profundos que a mente pode alcançar.

Na Gestação, estas terapias auxiliam no relaxamento e alívio das tensões musculares, dor nas costas, no quadril e nas pernas, melhora a circulação e o inchaço, reduz a insônia, o enjoo e outros desconfortos típicos do período. Também são focadas na redução da ansiedade e no preparo consciente do corpo para o processo de transformação da própria gestação, do parto e do puerpério.

A acupuntura também promove a imunidade auxiliando assim a prevenção das infecções genitourinárias comum na fase. E considerando que devemos evitar uso de medicações na gestação, a acupuntura tem o grande aliado na gestação.

A acupuntura também está indicada para a prevenção e tratamento coadjuvante na hipertensão arterial e nas alterações metabólicas como intolerância ao carboidrato ou à insulina, e até mesmo para a diabete gestacional. Também pode melhorar o fluxo circulatório auxiliando no crescimento do bebê e manutenção do ambiente uterino saudável (líquido amniótico, placenta). Mas lembrando que é um tratamento complementar ao tratamento médico.

No final da gestação, a acupuntura auxilia na regulação hormonal e da diminuição da ansiedade e do medo, auxiliando o processo natural de parturição, diminuindo a necessidade de indução do parto.

As terapias trabalham não só o corpo físico, mas favorecem a harmonização dos pensamentos e dos sentimentos, principalmente da percepção destas transformações!

Durante o parto, o corpo se transforma de maneira intensa para se adaptar e se ajustar à passagem do bebê pela pelve materna. Geralmente, as mulheres se assustam e lutam contra esta força resultando na tensão dos músculos do corpo, no medo  e na dor excessiva e sem produtividade.

As terapias auxiliam na integração entre mente, corpo e afetividade, buscando a consciência expandida, o acolhimento, a aceitação e a gratidão pela transformação do ser mulher e do ser mãe.

Entre as terapias, trabalhamos com o Acupuntura, Moxabustão, Ventosaterapia, Laserpuntura, auriculopuntura e cristais radiônicos, Eletroacupuntura, Hai Hua, Ryodoraku, etc.

Nascentia

Quer saber mais?

GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE NOSSOS SERVIÇOS?

Contato