Parto Domiciliar Planejado 2017-07-06T18:57:42+00:00

Parto Domiciliar Planejado

Nascentia   •   julho, 2017

O parto domiciliar vem se tornando uma alternativa ao ambiente hospitalar, para mulheres que buscam uma vivência familiar, cercada pelas pessoas de sua escolha, sem que tenha que passar pelos protocolos engessados da maioria das maternidades.

Quando se trata de gestações de risco habitual, ou seja, gestações que seguem seu curso fisiológico e sem complicações, o parto pode acontecer em casa e é tão seguro quanto o parto hospitalar, segundo os estudos. Para que essa segurança seja garantida, o parto domiciliar deve ser planejado, acompanhado por equipe habilitada e ter um sistema de transferência previamente estabelecido para casos de necessidade.

O parto em casa deve acontecer fisiologicamente, respeitando o tempo de cada organismo sem o uso de práticas que acrescentam riscos à sua evolução. A mulher tem a liberdade de se movimentar, adotar posições que sejam confortáveis, se alimentar e fazer uso de métodos não farmacológicos para alívio da dor. O bem estar materno e fetal são continuamente monitorados durante todo trabalho de parto para que mãe e bebê tenham uma experiência saudável e satisfatória ao final do processo.

A Nascentia oferece vários PROGRAMAS de cuidados ao longo da gestação, parto e pós-parto, de acordo com as expectativas, necessidades e escolha de cada mulher e sua família. Os Programas contemplam desde os planos mais simples ao mais elaborador e completos, incluindo o pre-natal integrado (com médico e enfermeira obstetra), vivências em grupos, assistência ao parto domiciliar planejado (com enfermeiras obstetras e neonatal, médico obstetra de sobreaviso para transferência hospitalar), assistência ao pós-parto (com enfermeiras obstetras, neonatal e pediatra). Sendo necessária a transferência hospitalar, as enfermeiras e o médico obstetra continuam com o modelo de cuidado já iniciado.

A proposta é de um calendário de consultas intercaladas e multiprofissional entre os profissionais da equipe Nascentia (médico e enfermeiras obstetras), visando à otimização e à integralidade do cuidado. Veja aqui o calendário de consultas.

Durante o Pré-natal, serão feitas avaliações dinâmicas para a classificação de risco, de cuidados preventivos, de promoção à saúde e de preparação para o parto domiciliar. Nesta fase, serão elaborados planejamentos para o parto, bem como um plano de contingência para as intercorrências e emergências.

Para todas as gestantes que optarem pelos Programas que incluem o pré-natal, será oferecido como parte do PLANO DE CUIDADO a participação voluntária e gratuita nos grupos de vivências de preparação para o Parto e Pós-Parto, conhecido como “Chá de parto“. Nesses encontros, serão compartilhadas experiências, e discutidos temas de interesse das gestantes, em formato de oficinas ou vivências facilitadas pela equipe multiprofissional da Nascentia.

  1. Programa de Pré-natal Integrado e Sensível,  Parto Domiciliar Planejado e Pós-Parto Multiprofissional.

Da mesma maneira, a Nascentia oferece, sem custo adicional, exame de cardiotocografia nas seguintes situações: necessidade de avaliação do bem estar fetal (na 41ª semana de gestação, por exemplo), ou durante o trabalho de parto, para amparar decisões ou condutas para manter a elegibilidade da gestante para o Parto Domiciliar Planejado.

ilustração

O exame de cardiotocografia é um monitoramento eletrônico não invasivo que avalia o cruzamento dos parêmetros da atividade cardíaca e motora  do bebê, e da atividade uterina. Existem indicações precisas para esse exame, e realizamos em condições de relaxamento, em posição adequada e após um pequeno lanche para que não haja interferências que prejudiquem o resultado (muitas vezes gerando alterações falso positivas)!

ilustração

Uma enfermeira obstetra será acionada no início do trabalho de parto e a outra enfermeira obstetra ou neonatal no período mais avançado do trabalho de parto. As duas (ou três) enfermeiras obstétrica/neonatal  ficarão até o momento de estabilização da mãe e do bebê após o parto. O material de cuidados e de emergência serão levados pela equipe e outros serão providenciados pelo casal. O médico Obstetra ficará de prontidão (e recebendo relatórios) para eventuais necessidades de conduta médico-hospitalar. Durante a primeira semana após o parto, as enfermeiras obstetras e neonatais, além da Pediatra, continuarão a assistência em domicílio e após 30 dias, no consultório, de acordo com a tabela abaixo:

Período Puerperal
1º dia Visita domiciliar: consulta Enfermeira Obstetra
2º dia Visita domiciliar: consulta Enfermeira Neonatal
3º dia Visita domiciliar: consulta Enfermeira Obstetra
7º ao 10º dia Visita domiciliar: consulta Médica Pediatra
30º dia Consultório: fechamento e avaliação do programa
  1. Programa de Pré-natal com Enfermeiras Obstétricas, Assistência ao Parto Domiciliar Planejado (com médico obstetra de sobreaviso opcional) e Pós-parto multiprofissional.

Esse Programa difere do anterior somente no Pré-natal. Caso a gestante já tenha um médico pré-natalista, ela poderá complementar essa assistência realizando consultas com as Enfermeiras Obstetras da Nascentia. Esse Programa é destinado àquelas que preferem realizar o pre-natal pelo plano de saúde e desejam a segurança de um médico obstetra que mantenha o modelo de atenção humanizado caso necessite de uma transferência hospitalar.

Neste Programa, o pré-natal é realizado com as enfermeiras obstetras de acordo com o calendário abaixo. As consultas com o médico obstetra de sobreaviso (da equipe Nascentia ou parceiro) deverão ser feitas à parte e em quantidade estipulada pelo  próprio médico (de acordo com o risco gestacional).

Serão feitos planejamentos para os cuidados e para o parto, bem como  um plano de contingência para as intercorrências e emergências. Uma enfermeira obstetra será acionada no início do trabalho de parto e a outra enfermeira obstetra ou neonatal no período mais avançado do trabalho de parto. As duas enfermeiras ficarão até o momento de estabilização da mãe e do bebê após o parto. O material de cuidados e de emergência serão levados pela equipe e outros serão providenciados pelo casal. O médico Obstetra ficará de prontidão para eventuais necessidades de condutas médico-hospitalar (serviço a parte). Durante a primeira semana após o parto, as enfermeiras continuarão a assistência em domicílio e após 30 dias, no consultório, de acordo com a tabela abaixo.

Período gestacional Semana Profissional
2º trimestre entre 16 e 27 semanas Consulta Enfermeira Obstétrica
3º trimestre entre 28 e 34 semanas Consulta Enfermeira Obstétrica
3º trimestre intensivo 36 semanas Consulta Enfermeira Obstétrica (DOMICILIAR)
38 semanas Consulta Enfermeira Obstétrica
39 semanas Consulta Enfermeira Obstétrica
40 semanas Consulta Enfermeira Obstétrica
41 semanas Consulta Enfermeira Obstétrica/CTG
Período Puerperal
1º dia Visita domiciliar: consulta Enfermeira Obstetra
2º dia Visita domiciliar: consulta Enfermeira Neonatal
3º dia Visita domiciliar: consulta Enfermeira Obstetra
7º ao 10º dia Visita domiciliar: consulta Médica Pediatra
30º dia Consultório: fechamento e avaliação do programa
Nascentia

Quer saber mais?

GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE NOSSOS SERVIÇOS?

Contato