Curso de Capacitação para a Assistência Pré-hospitalar no Trabalho de Parto

Nascentia   •   junho, 2017

A Enfermagem Obstétrica é uma especialidade que está crescendo no Distrito Federal. Desde 2001, a Secretaria de Estado de Saúde do DF tem formado especialistas e as absorvido quase que integralmente em concursos públicos da própria instituição. Ou seja, atualmente, quase todos os hospitais contam com Enfermeiras (os) Obstetras (EOs) atuantes em seus centros obstétricos/salas de parto, sem contar com a Casa de Parto de São Sebastião, que conta com um quadro integral desses profissionais.

Atualmente, o mercado para estes profissionais tem se ampliado. Hospitais particulares, Escolas e Faculdades de Enfermagem e a própria SES/DF tem demandado desta especialidade. Mais recentemente, as mulheres e casais tem também buscado por esses profissionais para apoiar o parto normal.

As mulheres e famílias, pela insegurança, tendem a buscar pelo atendimento médico-hospitalar precocemente, influenciando em todo o processo natural do Trabalho de Parto. E sabemos que as intervenções desnecessárias (e até as necessárias) estão diretamente relacionadas ao tempo de internação hospitalar. Por outro lado, o trabalho de parto requer vigilância do bem estar materno e fetal, do monitoramento da fisiologia do trabalho de parto, além do apoio psicoafetivo e físico para seu conforto e segurança.

Sabemos ainda que, a formação das EOs somente contempla a assistência ao trabalho de parto em ambiente hospitalar. E também já é fato que as mulheres e os casais buscam atualmente essa assistência em casa, durante o trabalho de parto, para evitar internações precoces. Dessa maneira, a Equipe Nascentia, pioneira nesse tipo de atendimento, se propôs a complementar o aprendizado e a experiência profissional, preenchendo essa lacuna e ofertando ao mercado um cuidado seguro e de qualidade.

Em 2016 formou a Primeira Turma e com ela uma Rede Nascer Solidário que vem ajudando na aprimoramento profissional, inserção das enfermeiras obstetras em suas comunidades, como também ajudando mulheres de baixa renda.

A REDE SOL – Rede Nascer Solidária busca democratizar tanto o aprendizado como a assistência profissional especializada! Mulheres que antes não conheciam esse trabalho ou não podiam contar com uma profissional no pré-natal, parto e pós-parto, estão pela primeira vez na história do DF contando com profissionais em aprendizagem sob a tutela de enfermeiras obstetras experientes.

A REDE SOL já fez dezenas de atendimentos no DF! E novas enfermeiras obstetras já iniciaram sua inserção no mercado de trabalho com foco em suas comunidades de residência.

Assim, o Curso de Capacitação Profissional em Assistência Pré-hospitalar ao trabalho de parto, em sua segunda versão, contemplará de dois momentos presenciais (Blocos teóricos e teórico-prático) e outros momentos de dispersão para a prática profissional sob supervisão.

MÉTODO

O Curso de Capacitação será realizado em dois módulos. O módulo teórico e teórico prático será dividido em Blocos Temáticos, conforme programação abaixo, perfazendo uma carga horária de 20h, incluindo a atividade de dispersão (carga horária variável). O módulo prático será realizado por duplas ou individualmente e consistirá em dois acompanhamentos de trabalho de parto de gestantes de risco habitual e elaboração de relatório dos atendimentos.

MODULO TEÓRICO E TEÓRICO PRÁTICO

A metodologia proposta é a ativa e em formato de oficina, buscando levantar e valorizar o conhecimento prévio de cada participante, favorecendo o compartilhamento das experiências profissionais e a construção de diretrizes básicas para a atuação profissional. Os Blocos Temáticos serão construídos em grupo de acordo com a experiência pregressa, simulações da prática, casos reais, discussão, contribuições e exposições das facilitadoras, e revisão de Proposta de Diretrizes Básicas para a atuação das EOs capacitandas, já elaboradas na turma I.

Será oferecido material didático de apoio e material para construção do conhecimento na oficina.

A Avaliação desse módulo será realizada através da participação satisfatória durante os blocos teóricos e frequência de 100% das atividades.

MÓDULO PRÁTICO

Para o acompanhamento das gestantes, a capacitanda, em dupla ou individualmente, deverá captar a participante através de convite, esclarecimento e assinatura de Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Será utilizado o recurso da REDE SOL (redes sociais e emails) para divulgação, captação, adesão e triagem de cada gestante. A proposta é realizar o serviço (treinamento prático supervisionado) em caráter voluntário ou de baixo custo (de acordo com triagem feita).

A Supervisão será feita por uma das Enfermeiras Obstetras facilitadoras, à distância, e tem como objetivo discutir os casos e situações que requerem aconselhamento ou consultoria. Em hipótese nenhuma, as Enfermeiras Obstetras serão responsáveis pelas atividades, procedimentos ou avaliações realizadas pelas Enfermeiras capacitandas, devendo essas atuarem com zelo e perícia, de acordo a regulamentação profissional e de acordo com sua habilidade técnica, e encaminhando para o atendimento profissional especializado os casos que gerem dúvidas ou insegurança para a continuidade do atendimento.

A responsabilidade das facilitadoras é de discutir os casos e contribuir com as tomadas de decisões, mas cabendo somente às enfermeiras capacitandas a responsabilidade por seus atos. Entretanto, para a complementação da presente capacitação, as facilitadoras deverão ser comunicadas do início do atendimento proposto e deverão receber relatório periódico das avaliações a ações realizadas a fim de trocarem experiências, receber aconselhamento/consultoria e para ancorar a avaliação do módulo. Ao final do Atendimento, a capacitanda deverá elaborar um relatório das atividades e das experiências, em formato livre, mas aconselhável o formato de portfólio.

CRONOGRAMA TEMÁTICO

Bloco 1: Planejamento
Situação Problema: Contextualização e desafios da Assistência Pré-hospitalar no DF;
Rede Nascer Solidário;
Ética, legislação, competências da EO;
Investimento inicial, material de apoio e de emergência;
Serviço e logística na atuação da Assistência ao Trabalho de Parto em casa;
Divulgação, captação da clientela, abordagem inicial com cliente;
Plano de Parto e plano de cuidado; expectativas/ideação do casal em relação à assistência da EO;
Contrato e TCLE.

Bloco 2: Passo a passo
Consulta de Pré-natal: avaliação obstétrica e avaliação de risco, plano de cuidado; Logística; Prontuário;
Os pródomos do Trabalho de Parto e a Ansiedade. Monitoramento, Avaliação e Admissão. Cuidados.
Trabalho de Parto Inicial e Fase Ativa: Avaliação, Vigilância, Cuidados e Registros. Material. Intercorrências/emergências;
Transferência oportuna e cuidados no Transporte; Logística e Material. Acompanhamento no hospital; Gerenciando conflitos;
Visita Domiciliar: Assistência puerperal e ao recém-nascido; Amamentação; Material e Registros.

Bloco 3: Situações especiais
Roprema e cultura para strepto positivo;
Pós-datismo;
Cesárea previa;
Estresse fetal;
Discinesias;
Parto de emergência

Bloco 4: Oficina Prática
Avaliação da vitalidade fetal
Reanimação Intra-útero
Parto de Emergência (em domicílio e em trânsito)
Reanimação neonatal
Hemorragia pós-parto

Bloco 5: Pactuações e Encaminhamentos
Orientações para o módulo prático e Supervisão. Relatório/Portfólio; Avaliação do Módulo Teórico.
Rede Sol e Banco de Talentos

Facilitadoras:
Ms. Lissandra Martins Souza
Esp. Letícia Nicolletti
Esp. Marília Borges
Conheça aqui o currículo das facilitadoras.

Local:
Espaço Nascentia Park Sul – SMAS trecho 3 Bloco B1 sala 212 – Complexo Park Sul – Brasília/DF

Informações:
E-mail: adm@nascentia.com.br
Tel.: (61) 3257-3341 – 992978574 (whatsApp)

A Equipe Nascentia convida os profissionais para refletir a prática e trocar experiências!!!
Venha fazer parte da REDE SOL e do Banco de Talentos de EOs do DF!!!

Por | 2017-08-07T10:35:25+00:00 5 de junho de 2017|Uncategorized|